Pular para o conteúdo

Comitê Estadual de Povos e Comunidades Tradicionais de Mato Grosso

 

Foi instituído pelo Decreto nº 466 de 29 de março de 2016. Neste sentido, o CEPCT/MT começou a ser pensado através das relações sociais de alguns grupos de pesquisa, como o Grupo de Trabalho de Mobilização social – GTNS e o Grupo de Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte – GPEA, da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. Com isso, no ano de 2015 a Superintendência de Politicas da Igualdade Racial – SUPIR, começou a articulação junto a sociedade civil organizada para discutir e criar um órgão na esfera estadual que representasse os povos e comunidades tradicionais. Desta forma, o Comitê Estadual representa um marco para a Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais, no Estado de Mato Grosso.

 

Apresentação do Comitê 

Decreto de criação 

Regimento Interno