Pular para o conteúdo
Voltar

Agentes são certificados em comboio, escolta e contraemboscada

Eles estão capacitados para que a movimentação de reedudancos que precisam fazer algum procedimento externo ocorra com qualidade e segurança
Fernanda Nazário | Sejudh/ MT

Sejudh/MT
A | A

Um total de 61 agentes do sistema penitenciário e socioeducativo estão qualificados para atuar nas atividades de comboio, escolta e contraemboscada. Eles foram certificados nesta quinta-feira (12.04) após participarem no mês de março de um curso intensivo voltado para o aprimoramento das técnicas de movimentação de reeducandos para área externa das unidades.

A capacitação foi realizada pela Diretoria de Ensino Penitenciário, em parceria com o Batalhão da Rotam. Duas turmas participaram das aulas, uma de 26 e outra de 35 alunos. O curso ocorreu em duas semanas, totalizando 100h/aula, sendo 50h/ aula para cada turma.

Durante a qualificação, os agentes aprenderam sobre legislação de trânsito, regras para a condução de veículos, checagem administrativa de toda munição, documentação, formação de comboio e escolta em geral, mecânica básica de automóveis, contraemboscada e direção tática.

De acordo com o diretor de Ensino Penitenciário, Anderson Santana da Costa, as técnicas aprendidas são voltadas para o cotidiano dos servidores envolvidos no processo de escolta de reeducandos que precisam se deslocar da unidade para algum procedimento externo. “A atividade bem executada acarreta na segurança da equipe de agentes e do recuperando”.

O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, participou da solenidade de entrega de certificados e parabenizou os agentes pelo esforço em oferecer um serviço de qualidade. “Primamos sempre pela segurança e excelência do trabalho realizado e para isso é necessário investir na prevenção”, acredita Emanuel, que ainda ressalta estar orgulhoso de fazer parte de um sistema de referência no país.

Os formandos

Rosane Maria de Souza está no sistema penitenciário ha 20 anos. Nesse período, ela já foi sub diretora e diretora. Apaixonada pelo trabalho de ressocialização, Rosane resolveu fazer o curso com o intuito de aprimorar seus conhecimentos para então aplicá-los onde trabalha atualmente, na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May. “Essa capacitação foi de grande valor para mim. Pretendo compartilhar o aprendizado com os outros colegas”, conta a agente.

Quem também pretende dividir o conhecimento com os colegas de trabalho é a agente socioeducativa do Setor de Ações Socioeducativas (SAS), Junia Jéssica Benicio. “Pude amadurecer mais as minhas técnicas, principalmente a como se portar durante uma escolta, resguardando a minha vida e do interno”.

O agente penitenciário Pery Taborelli Silva Neto, que atua no setor responsável pela escolta metropolitana da capital, agradece a oportunidade de fazer parte de um grupo atuante. “O curso foi bastante pertinente para as atividades do dia a dia. Isso faz com que a gente não fique acomodado, além de nos atualizar quanto aos novos métodos de trabalho”.

Foram certificados agentes das Penitenciárias Central do Estado (PCE) e Feminina Ana Maria do Couto May;  do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC); das Cadeias Públicas de Várzea Grande e Rosário Oeste; da Colônia Penal Agrícola de Palmeiras; dos Setores de Ações Socioeducativas (SAS) e Operações Especializadas (SOE).