Pular para o conteúdo
Voltar

Secretaria capacita 182 agentes em atualização de procedimentos operacionais

Raquel Teixeira | Sejudh/MT

A | A

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos capacitou 182 agentes penitenciários em realinhamento de práticas operacionais no mês de novembro. O curso organizado pela Diretoria de Ensino Penitenciário foi desenvolvido com agentes das unidades prisionais de Alto Araguaia, Alto Garças, Nova Xavantina e Barra do Garças. 

O curso tem no conteúdo instruções de comboio e escolta, legislação para uso da função armada, armamento e tiro, técnicas de contenção e adentramento em recintos carcerários, habilitação em pistola e espingarda calibre 12, algemamento e condução de reeducando. Numa parceria com a OAB-MT, os agentes passaram a receber também noções de direitos humanos.

O diretor de Ensino Penitenciário, Anderson Santana, pontua que a meta é levar os cursos de realinhamento a todas as regionais do Sistema Penitenciário. Neste mês a capacitação será nas unidades de Cáceres e Rondonópolis, com 219 agentes. “A Secretaria tem a meta de proporcionar ao servidor atualização dos conhecimentos operacionais, bem como apresentação de novas técnicas que serão implementadas no exercício das atividades diárias. Essas capacitações são fundamentais para um ambiente de trabalho mais seguro tanto para o servidor, como para o reeducando”.  

Diretor da unidade prisional de Barra do Garças, Jailson André reforça a necessidade de qualificação dos profissionais diante da complexidade do trabalho dentro das unidades. “Em nosso serviço temos que estar sempre bem preparados tanto fisicamente, quanto mentalmente. Esse  realinhamento oferecido pela Sejudh veio em boa hora. Durante o treinamento pudemos perceber a necessidade da atualização operacional e foi muito proveitoso, pois os agentes se dedicaram bastante nos treinamentos”. 

Em outubro passaram por treinamento os agentes de Nova Mutum, Sorriso e Lucas do Rio Verde. O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, enfatiza a importância da atualização de procedimentos para a execução do trabalho diário de forma correta e segura. “Dentro da capacidade orçamentária e financeira, faremos o possível para oferecer qualificação aos servidores do Sistema Penitenciário, sempre buscando atualizá-los em conformidade com a legislação e técnicas de atuação operacional”.