Pular para o conteúdo
Voltar

CGE reabre inscrições para debate sobre conduta de servidores

Ligiani Silveira | CGE-MT

A | A

A Controladoria Geral do Estado (CGE) reabriu as inscrições para a Conferência de Controle Disciplinar: Por Um Estado Íntegro e Eficiente, a ser realizada os dias 18 e 19 de outubro, no Salão Nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. 

As inscrições tinham sido encerradas antes do prazo previsto (terça-feira, 11.10) porque as vagas se esgotaram. Entretanto, devido à demanda de interessados em participar, a CGE conseguiu ampliar as vagas. As inscrições devem ser feitas no site www.controladoria.mt.gov.br (http://cdi.controladoria.mt.gov.br/capacitacoes/) e serão encerradas assim que as vagas remanescente forem preenchidas. 

A coordenadora de Desenvolvimento das Correições Setoriais da CGE, Sirlei Romanzini, destaca que o evento objetiva debater temas relacionados à responsabilização de agentes públicos por infrações cometidas no exercício da sua função e de empresas pela prática de fraudes e corrupção na execução de contratos firmados com o setor público. "O debate será aberto a servidores públicos de todas as esferas, estudantes e sociedade em geral", afirma.

A programação terá cinco palestras conduzidas por renomadas autoridades e estudiosos em matéria de controle disciplinar, seguidas de mesas de discussões compostas também por ilustres personalidades atuantes na área. 

Um dos conferencistas será o subprocurador-geral do Distrito Federal e professor de direito disciplinário, Antonio Carlos Alencar Carvalho, que discorrerá sobre "Penas Máximas no Processo Administrativo Disciplinar". A mesa de discussão será composta pelo corregedor setorial da Controladoria Geral da União (CGU) no Ministério das Minas e Energia, Wesley Almeida Ferreira, e pelo presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), Roberto Paulo Amoras.

Outro conferencista será o procurador de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE), Mauro Viveiros, que falará sobre "Organização Criminosa e o Controle Estatal". A mesa de discussão sobre este tema será composta pela juíza de Direito da 7ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, Selma Rosane de Arruda, e pelo secretário-controlador Geral do Estado, Ciro Rodolpho Gonçalves.

Outro conferencista será o promotor de Justiça do MPE lotado na Corregedoria Nacional do Ministério Público, Reneé do Ó Souza, que discorrerá sobre "Combate à Corrupção Empresarial".

"Integridade e Responsabilização das Pessoas Jurídicas à Luz da Lei 12.846/2013 (Lei Anticorrupção)" será o tema da palestra do promotor de Justiça do Estado do Espírito Santo, Marcelo Zenkner. A mesa de discussão sobre o tema terá a participação do juiz da Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Várzea Grande, Eduardo Calmon de Almeida Cezar, e da secretária-adjunta da Corregedoria Geral do Estado (CGE-MT), Cristiane Laura de Souza.

Outro conferencista será o procurador-chefe da Procuradoria Regional de Mato Grosso do Sul em Brasília (atuação junto ao STF e Tribunais Superiores), Ulisses Schwarz Viana. Ele apresentará a palestra "Eficiência Administrativa, Controle Disciplinar e Ética: Dimensões Complexas de um Mesmo Problema".

A mesa de discussão sobre este tema será composta pelo analista político em Mato Grosso, Alfredo da Mota Menezes, e pelo conselheiro interino do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) e coordenador da Rede de Controle da Gestão Pública em Mato Grosso, Moisés Maciel.

A programação do evento inclui também lançamentos e sessão de autógrafos de livros. Mais informações: (65) 3613-4020.

Leia mais:

CGE abre inscrições para a Conferência de Controle Disciplinar