Pular para o conteúdo
Voltar

Reeducandos de Diamantino iniciam capacitação em corte e costura

Curso é ministrado por técnicos do Senar, com parceria do Sindicato Rural, empresa da cidade e MPE
Raquel Teixeira | Sejudh-MT

- Foto por: Sejudh-MT
A | A

Reeducandos começaram nesta semana um curso de corte e costura na unidade prisional de Diamantino. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Sindicato Rural do município, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Mato Grosso (Senar-MT) e Promotoria do Ministério Público Estadual.

O curso envolve 10 reeducandos e é ministrado por técnicos do Senar. São 40 horas-aula. Após a capacitação, os reclusos estarão aptos a fazer a confecção de peças como bermudas e camisetas.

De acordo com o diretor da unidade, Odair José da Silva, a parceria conta com apoio de uma malharia da cidade, que forneceu os tecidos para o curso. Ele explica que a promotoria cedeu os kits de corte e costura e a prefeitura as máquinas que fazem além da costura, o acabamento das peças. “Com essa capacitação, teremos mão de obra para que possamos fazer os uniformes da nossa unidade e também para os reeducados da região como Arenápolis, Nortelândia, São José e também Diamantino”.

A próxima iniciativa de ressocialização será o cultivo de uma horta, que produzirá hortaliças para consumo na unidade. Conforme o diretor, o curso para os reeducandos será ministrado também por técnicos do Senar.