Pular para o conteúdo
Voltar

Reeducandos passam a fabricar fraldas em unidade prisional

Assessoria | Sesp-MT

- Foto por: Sispen
A | A

Uma parceria entre a unidade prisional de Juara (690 km a noroeste de Cuiabá) e o clube de serviço Lions proporcionou uma nova atividade laboral a reeducandos, a fabricação de fraldas descartáveis.

Dois recuperandos trabalham diariamente na produção de, em média, mil fraldas. A máquina e os insumos são fornecidos pelo Lions Clube e a unidade prisional cedeu o espaço e mão de obra dos reeducandos.

O diretor da cadeia, Geovan Venâncio, explica que são fabricadas fraldas para crianças e adultos que são doadas pelo Lions para a Associação Pestalozzi, Casa do Idoso e famílias carentes do município. “A máquina de fabricar fraldas é mais uma oportunidade de trabalho que os reducandos têm na unidade. Contribui para torná-los mais produtivos". 

Os reeducandos que produzem as fraldas também são responsáveis pela oficina de costura da cadeia, onde fabricam uniformes para os demais presos. Entre o ano passado e este ano foram costuradas quase mil peças entre bermudas e camisetas. para uso de todos os que estão reclusos na unidade prisional. 

Conforme previsto na Lei de Execução Penal, a cada três dias trabalhados, o reeducando pode receber a remição de um dia na pena a ele imposta.