Pular para o conteúdo
Voltar

Agentes apreendem drone com celulares na penitenciária de Rondonópolis

No aparelho estavam acoplados três celulares e carregadores.
Raquel Teixeira | Sesp-MT

- Foto por: Sispen
A | A

Na tarde desta segunda-feira (29.04), agentes apreenderam um drone com celulares no momento em que o aparelho sobrevoava a laje do raio 2 da Penitenciária Regional Major Eldo de Sá Corrêa. No aparelho estavam acoplados três celulares e carregadores. 

A direção da penitenciária explica que o drone, provavelmente, lançaria os materiais no pátio da carceragem do raio 3 da penitenciária. O aparelho foi avistado pelos agentes das torres de segurança e rapidamente a equipe de contenção se deslocou até a laje para fazer a apreensão do equipamento.

Foram realizadas buscas na área externa da penitenciária, mas não foram localizadas pessoas que controlavam o veículo aéreo.

Rondas externas são realizadas continuamente para identificar tentativas de lançamento de materiais ilícitos para dentro da penitenciária. A penitenciária recebeu reforço na segurança com a instalação de refletores, monitoramento por câmeras e canil externo.

No mês de fevereiro deste ano, outro drone foi apreendido com seis celulares e dezenas de chips de diversas operadoras telefônicas. Na ocasião, dois homens foram avistados por uma equipe de agentes que acompanhavam reeducandos em uma obra na área externa da unidade prisional. Aos serem avistados, os dois rapazes correram para uma mata, nos fundos da penitenciária, e embarcaram em um veículo, sendo alcançados logo depois.