Pular para o conteúdo
Voltar

Unidades prisionais promovem atividades com servidoras e reeducandas

Na penitenciária Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, as mulheres ganharam um café da tarde e foram lançadas diversas atividades que serão realizadas com recuperandas e agentes penitenciárias.
Raquel Teixeira | Sesp-MT

A | A

Unidades prisionais femininas de Mato Grosso prepararam diversas atividades para servidoras e reeducandas em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado mundialmente em 8 de março.

Na penitenciária Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, as mulheres ganharam um café da tarde e foram lançadas diversas atividades que serão realizadas com recuperandas e agentes penitenciárias. A Associação Cultural Cena Onze desenvolverá oficina de teatro com as custodiadas.

Já um grupo de parceiros se uniu para levar aulas de ioga à penitenciária, dentro do projeto Fênix. A iniciativa conta com apoio da Associação de Mulheres de Negócio (BPW VG), Associação Brasileira das Mulheres de Carreiras Jurídicas de Mato Grosso, Sindicato dos Terapeutas de Mato Grosso e Núcleo de Execuções Penais de Cuiabá.

Na primeira etapa, o projeto será realizado com 70 agentes e recuperandas, durante três meses, buscando proporcionar oportunidade de reequilíbrio emocional, autoconhecimento e humanização.

Secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanuel Flores, destaca que ações como o projeto Fênix auxiliam no processo de humanização no sistema penitenciário. “Isso traz uma paz na unidade e representa uma parceria muito forte na busca pela recuperação das vidas dessas pessoas que um dia erraram”.

Cáceres

Na cadeia feminina de Cáceres, servidoras e reeducandas ganharam um dia de atividades com palestras sobre saúde da mulher e o dia de homenagem, lanche e aulas de zumba. Técnicas de enfermagem da unidade ministraram palestra sobre cuidados com a saúde feminina.

A diretora Franciskely Moreira afirma que as atividades resultam em um ambiente mais acolhedor e harmônico, o que contribui para o bom andamento e disciplina na unidade.

As atividades foram realizadas com parcerias do Conselho da comunidade e Escola Nova Chance.